Lombalgias - O que o método Pilates tem a oferecer? - Qualytá - Pilates e Treinamento Funcional
Turma do Curso Pilates Completo, Parabéns!!!
17/04/2017
Alongamento, exercícios resistidos e a ótica da prevenção de lesões.
25/04/2017
Exibir tudo

Lombalgias – O que o método Pilates tem a oferecer?

A lombalgia é uma das queixas mais comuns do homem moderno. Tal sintoma se caracteriza por etiologia variada, podendo ter origem em muitos problemas que afetam várias partes da coluna lombar como os músculos espinhais, nervos, ossos, discos ou tendões. Nas causas mais comuns de lombalgia, podemos incluir:

  • Irritação das grandes raízes nervosas responsáveis pela inervação dos membros inferiores
  • Irritação dos pequenos nervos da região lombar
  • Espasmo dos músculos eretores da espinha
  • Degeneração do disco intervertebral

Uma irritação ou qualquer problema nas estruturas estáticas e/ou dinâmicas da região lombar, pode causar dor na referida região e/ou dor irradiada em outras partes do corpo, acometendo com mais frequência, a parte posterior da coxa.

Dentre inúmeras técnicas para tratamento das lombalgias, o  Pilates se apresenta como uma ferramenta muito eficaz, independentemente da etiologia da dor lombar.

Com ênfase na centralização (um dos princípios do método), isto é, o fortalecimento do conjunto muscular power house, promove a estabilização necessária a coluna lombar, protegendo as estruturas da região, reequilibrando as forças atuantes na mesma, permitindo movimentos de extremidades (membros inferiores e superiores) mais eficientes e com padrão biomecânico mais organizado.

Vale ressaltar a importância de se diagnosticar a causa da lombalgia a ser tratada, permitindo a utilização correta e criteriosa do método Pilates, refinando a seleção dos exercícios.

Referências bibliográficas

Trevisani VFM, Atallah NA: Lombalgias: evidência para o tratamento/Lombalgias: evidence for the treatment. Diagn tratamento 8:17-9, 2003. 19.

Tulder MW Van, Koes BW, Bouter LM: Conservative treatment of Acute and Chronic Nonspecific Low Back Pain. A systematic review of randomized controlled trials of the most common interventions. Spine 22:2128-56, 2006

Philadelphia Panel Evidence-Based Clinical Practice Guidelines on Selected Rehabilitation Interventions for Low Back Pain. Phys Ther 81:1641-74, 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *